"As Aventuras de Sherlock Holmes" de Sir Arthur Conan Doyle

Nome: As Aventuras de Sherlock Holmes
Autor: Sir Arthur Conan Doyle
Nº de Páginas: 415
Editora: Zahar



O cenário é Baker Street, virada do século XIX para o século XX em uma Inglaterra cavalheiresca e genial, ao mesmo tempo, problemática e ambígua. Sherlock Holmes é um famoso detetive, em tanto excêntrico, que tenta solucionar mistérios acompanhado por seu fiel escudeiro Watson. O livro traz os doze primeiros contos do autor, publicados entre julho de 1891 a junho de 1892 na Strand Magazine.






Minha vontade de ler algumas história do Sherlock Holmes ficava cada vez maior depois de ver a série britânica da BBC (Sherlock) e os filmes do Robert Downey Jr, que eram inspirados nos contos de Arthur Conan Doyle; e finalmente tive essa oportunidade, fico feliz em acrescentar que o livro não me decepcionou apesar de que as minha expectativas estavam altas.

Nesse livro, lançado pela editora Zahar, John Watson, o narrador-personagem do livro, conta alguns pequenos - mas não pouco importantes, ou pouco fantásticos -, que ele e seu amigo Sherlock Holmes resolveram juntos.  São 12 contos diferentes, com um pouco mais de 30 páginas cada um. Receio dizer que não conseguia ler mais de dois contos por vez, pois apesar de serem fantásticos são bem pesados e requerem muita atenção para você poder entender as deduções feita por Sherlock.

Uma das coisas que mais apreciei nas histórias de Arthur é que elas conseguem ser bem diferentes umas das outras. Muda-se completamente as vítimas, os culpados, as tramas, os métodos, tudo diferente mas sempre sendo na Grã Bretanha e sempre com os incrível Sherlock Holmes e Dr. John Watson no posto para descobrir o culpado e o motivo do crime.

Durante o livro podemos arriscar algumas teorias e devo dizer que amava quando eu acertava algo, mas sempre errava em como era feito ou o porque daquilo ter sido feito, hahaha. Adorei o livro e recomendo! Agora só falta comprar as outras histórias do Sherlock Holmes, quem sabe num futuro próximo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou dessa postagem? Deixe seu comentário!