"Ao meu ídolo,com amor..." de Mariana Pereira

Nome: Ao meu ídolo, com amor
Autora: Mariana Pereira
Nº de Páginas: 322
Editora: Dracaena


A vida do ator Bernardo Monteiro parecia perfeita. Mimado por suas milhões de fãs histéricas, convidado para as melhores festas de São Paulo, dirigindo carros importados, morando numa cobertura duplex em um bairro nobre da cidade, com vista privilegiada e incontáveis funcionários a seu dispor. Tudo o que um jovem de 20 anos podia pedir, ou ao menos imaginar ter. O que ele não esperava, no entando, era encontrar Isabella Corrêa, sua namorada na época, morta em seu apartamento. No ano seguinte, foi a vez de Luiza Martins. Ana Maria Paviani, investigadora de polícia, já tinha desvendado casos que pareciam impossíveis. Mas nada no mundo se comparava às namoradas mortas do ator mais querido pelas adolescentes. Esses assassinatos só não lhe tiravam mais o sono do que a necessidade de contato entre ela e Bernardo. Dizer que não se gostavam era pouco para duas pessoas que não tinham a menor vontade de passar mais de dois segundos no mesmo ambiente. Mas foi no dia 17 de março de 2011 que os caminhos de ambos se cruzaram para sempre. Elizabeth Lima, 24 anos, atriz e de uma fama incontestável, foi encontrada morta em seu banheiro. Ela e Bernardo, agora com 23 anos, namoravam há quatro meses depois de se conhecerem num set de gravações. Agora Ana Maria corre contra o tempo, tentando desvendar o mistério, sem ter ideia de qual ponto de partida escolher. Porque ela simplesmente não tem um. Nenhuma dica, nenhuma pista a não ser pelos bilhetes encontrados ao lado de cada menina assassinada, com os dizeres “ao meu ídolo, com amor…”. Ela se junta a Ricardo, seu chefe, Ian, seu amigo policial (e amante nas horas vagas!) e até mesmo a sua amiga jornalista, Agatha, que não tem nada a ver com o assunto, mas entra de cabeça no caso Bernardo Monteiro. Mas a equipe tem uma tarefa ainda mais difícil do que desvendar os mistérios: convencer a investigadora a não partir para cima do ator e quebrar seu nariz toda vez que ele for grosseiro, já que isso significaria um soco a cada dois segundos.


    "Ao meu ídolo, com amor..." gira em torno de Ana Maria Paviani, uma das melhores investigadoras da polícia, e seu caso mais importante: o assassinato de 3 meninas cuja a única ligação é que na época que foram mortas namoravam o ator mais badalado do Brasil, Bernardo Monteiro. Com mortes diferentes e sem nenhuma pista, a não ser um bilhete escrito: "ao meu ídolo, com amor", os policiais decidem que o melhor jeito de pegar o assassino é fingir que Ana Maria é a mais nova namorada do ator, só que ambos não se suportam.
   Faz um longo tempo que desejo ler esse livro, quase um ano atrás dele; mas por ser nacional e por ser de uma editora independente foi quase impossível achar ele para vender - poucas cópias. 
    Ana Maria é uma investigadora de São Paulo e a narradora de todo o livro, devo confessar que acho a personagem meio chatinha, um pouco metida e muito teimosa, e que agora tem a sua vida posta em perigo para salvar o ator Bernardo Monteiro e ainda salvar mais um monte de garotas que ele ainda vai poder namorar no futuro, sem contar que Ana Maria tem o desejo de saber a verdade e poder contá-la para as mães das primeiras 3 meninas.
   O livro tem ação, romance e suspense. Não esperava tanto! Acho que é um daqueles livros que deveria virar filme - Hollywoodiano, não brasileiro - pela facilidade que tive em imaginar todas as cenas e como foi divertido ler o livro. Os personagens que eu mais gostei foram a Agatha - que faz o tipo amiga locona - e o Bernardo - que muda no decorrer do livro de um ogro para um fofo! - apesar de ter gostado de muitos outros.
  Às vezes eu achava que a Mariana poderia ter dado mais atenção para um fato, mas como o livro mostra, tecnicamente, o dia a dia da Ana Maria há coisas que não é possível ficar focando - e o livro já é bem grossinho, hahaha. Adorei que tem bastante músicas e também adorei que ficou parecendo um diário, pessoal e com uma escrita bem gostosa de ler e acompanhar. Com certeza vou ficar de olho na Mariana para ver seu próximo livro!


O amor vai aparecer na sua frente, com um sorriso na cara, os braços abertos e se você não o agarrar naquela hora, poderá ser tarde demais.



   Com o tanto de tempo que fiquei com o livro, consegui colocar mais ou menos - nem sempre corresponde ao que imaginei 100% - um ator para alguns dos personagens do livro, mesmo que às vezes esse ator não bata tanto com a descrição do personagem. E aqui eu fiz eles, só para vocês terem uma ideia.



Acho que a que mais bate com a descrição da Ana Maria é a Dianna Agron, porém ela tem muita cara de anjo e nãaaaaao consigo imaginar ela como uma investigadora da polícia, já eu acho que a Teresa Palmer e a Jennifer Lawrence poderiam ser investigadoras. Mas confesso que a Di foi a que eu mais imaginei.


Super acho que a Agatha tem a cara da Lucy Hale, duas lindas e fofas! Já o Ian, imaginei ele mais velho, tipo o Paul Wesley daqui a uns 5 ou 10 anos. E o Taylor tem super a cara do Bernardo, já que a própria escritora pensou no Taylor enquanto criava o Bê.


A primeira pessoa que eu imaginei e tive 100% de certeza quanto a atriz foi a Clara, acho que a McKaley seria perfeita, não sei explicar, hahaha. O mesmo vale para o Ricardo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou dessa postagem? Deixe seu comentário!